Geral

DocumentsDate added

Order by : Name | Date | Hits | [ Ascendant ]
file icon A Psicologia Ambiental: uma relação de equilíbrio entre o Homem e a Naturezahot! 07/24/2008 Hits: 21570
file icon Volume I - Diagnóstico Socioeconômico da Pesca Artesanal do Litoral de Pernambucohot! 06/09/2011 Hits: 11105

O diagnóstico é um retrato da Pesca Artesanal do litoral pernambucano. Seu objetivo é registrar o perfil socioeconômico e socioambiental dos pescadores que trabalham nas indústrias naturais de alimentos, que são considerados os rios, estuários, manguezais, lagoas e a plataforma continental de Pernambuco.  Foram visitadas 71 comunidades e entrevistados 5.077 pescadores (homens 3.365 e 1.712 mulheres).

O presente diagnóstico está apresentado em quatro arquivos, cada um representando um volume, devido à complexidade de informações. O volume I ou inicial, aborda de uma forma generalizada, os elementos dos municípios e das comunidades que encontram-se detalhados nos volumes restantes. Consta neste volume: a introdução, a metodologia, os resultados estatísticos das áreas litorâneas estudadas, incluindo a Ilha de Fernando de Noronha.

A divisão em quatro áreas foi embasada nas condições geológicas e geomorfológicas, ecossistemas aquáticos, ocupação demográfica e atividades pesqueiras. Os volumes seguintes, II, III e IV, correspondem às áreas Norte, Metropolitana e Sul, respectivamente.

O interesse é que este trabalho sirva como base de análise para diversos públicos, como: governo federal, estadual e municipal, organizações não governamentais, os movimentos sociais dos pescadores, pesquisadores, estudantes, e os próprios atores do processo: os pescadores (as) artesanais e seus familiares.

file icon Volume IV - Litoral Sul - Diagnóstico Socioeconômico da Pesca Artesanal do Litoral de Pernambucohot! 06/09/2011 Hits: 6299

O diagnóstico é um retrato da Pesca Artesanal do litoral pernambucano. Seu objetivo é registrar o perfil socioeconômico e socioambiental dos pescadores que trabalham nas indústrias naturais de alimentos, que são considerados os rios, estuários, manguezais, lagoas e a plataforma continental de Pernambuco.  Foram visitadas 71 comunidades e entrevistados 5.077 pescadores (homens 3.365 e 1.712 mulheres).

O presente diagnóstico está apresentado em quatro arquivos, cada um representando um volume, devido à complexidade de informações. O volume I ou inicial, aborda de uma forma generalizada, os elementos dos municípios e das comunidades que encontram-se detalhados nos volumes restantes. Consta neste volume: a introdução, a metodologia, os resultados estatísticos das áreas litorâneas estudadas, incluindo a Ilha de Fernando de Noronha.

A divisão em quatro áreas foi embasada nas condições geológicas e geomorfológicas, ecossistemas aquáticos, ocupação demográfica e atividades pesqueiras. Os volumes seguintes, II, III e IV, correspondem às áreas Norte, Metropolitana e Sul, respectivamente.

 O interesse é que este trabalho sirva como base de análise para diversos públicos, como: governo federal, estadual e municipal, organizações não governamentais, os movimentos sociais dos pescadores, pesquisadores, estudantes, e os próprios atores do processo: os pescadores (as) artesanais e seus familiares.

file icon Entrevista com o Prof. Luiz Lira à Rede Mangue Mar Brasilhot! 11/03/2008 Hits: 5597
file icon Dinâmica dos Manguezaishot! 05/06/2008 Hits: 4337
Artigo referente a ecologia do manguezal
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 Próximo > Fim >>
Resultados 1 - 5 de 27